II Festa das Tradições S. B. de Messines

por Abril e Maio na Freguesia de S. B. de Messines

A Junta de Freguesia de São Bartolomeu de Messines, em parceria e colaboração com as Associações e Instituições locais, vai levar a efeito mais um programa de comemorações do 25 de Abril e 1º de Maio.

Comemorar os princípios e valores que Abril e Maio nos trouxeram, “Criar desassossego” para acordar mentalidades e promover as mudanças necessárias nas mentalidades e atitudes, são as linhas orientadoras do programa deste ano.

O desporto, a música, a literatura, a poesia, a arte em geral como promotora da mudança, estará presente ao longo do mês de Abril e Maio, trazendo para as ruas de Messines, Amorosa e Passadeiras a festa, o convívio e a reflexão.

filme do desassossego para um país em desassossego?!

Estreia Nacional a 29 Setembro 2010, Grande Auditório CCB, 21h30m

mais informações

site oficial

Da minha abstenção de colaborar na existência do mundo exterior advém, entre outras coisas, um fenómeno psíquico curioso.

Abstendo-me inteiramente da acção, desinteresso-me das Coisas, consigo ver o mundo exterior quando atento nele com uma objectividade perfeita. Como nada interessa ou leva a ter razão para alterá-lo, não o altero.

E assim consigo.

Bernardo Soares

Manuel Madeira, poeta, apresenta livro na Sociedade de Instrução e Recreio Messinense

23 de Outubro, pelas 17 horas, na Sociedade de Instrução e Recreio Messinense

apresentação do livro de poesia de Manuel Madeira, “Simbiose Telúrica de Fragmentos do Ser”, o mais recente livro lançado por este poeta messinense.

Biografia do autor:

Manuel Rodrigues Madeira nasceu em S. Bartolomeu de Messines, em 1924, mas tendo ficado órfão de pai, muito cedo foi para Faro, e depois para Olhão, onde viveu até aos 25 anos, altura em que se fixou em Lisboa, onde permaneceu durante mais de 40 anos.

Perseguido pela PIDE (Polícia Internacional e de Defesa do Estado), Manuel Madeira esteve preso e foi torturado várias vezes. A sua actividade política iniciou-se ainda na sua juventude, quando foi um dos elementos primordiais na difusão do MUD Juvenil, no Algarve, especialmente em Messines e Silves. Após o encontro de Bela Mandil, foi preso pela primeira vez, levado para Faro, depois para Caxias e finalmente para o Aljube. Após a prisão, voltou ao Algarve e às actividades políticas, pelo que voltou a ser preso e desta vez foi também demitido do emprego e expulso da função pública.

Conseguiu um novo emprego e não desistiu da sua luta, pelo que foi preso mais duas vezes, sendo muito torturado.

Em 1991, alguns anos após a reforma, Manuel Madeira regressou a Olhão, onde vive actualmente.

No seu trabalho poético, ao longo da sua vida, colaborou com poesia e ensaios em publicações clandestinas de divulgação cultural, no Algarve, nos anos quarenta e posteriormente em jornais e revistas literárias do país. Nessa altura, foi co-fundador do jornal de Olhão “Clamor”. Muitos dos seus trabalhos literários foram cortados pela Censura.

Figura na “Antologia de Poesia Portuguesa do Pós-Guerra, 1945-1965”, da Editora Ulisseia. Foi co-fundador da revista literária “Sol XXI” e nela colaborou com poesia e ensaio. Reuniu em livro parte da sua poesia, de 1949 a 2004, sob o título “No Encalço do Real Inalcançável”, Editorial Minerva, Lisboa 2005. Em 2007 publicou “Um Pouco de Infinito em Toda a Parte”, pela Editora Atelier; em 2008 “Cartas Poéticas entre António Ramos Rosa e Manuel Madeira”, pela Editora Labirinto e em 2009, publicou “À Descoberta das Causas no Sortilégio dos Efeitos”.

Este seu livro mais recente “Simbiose Telúrica de Fragmentos do Ser”, é publicado pela pela POP Sul (Editora 4 Águas) e tem prefácio do médico silvense Varela Pires.

M.I.B.A. 2-3 Outubro

Com um crescimento exponencial do BTT em toda a região algarvia, a Associação ExtremoSul organiza este ano a Maratona Internacional de BTT do Algarve (MIBA).

No dia 2 de Outubro, terá lugar a vertente de lazer, onde estarão disponíveis 3 percursos, de forma a abranger diferentes níveis de bttistas, no seguimento das anteriores edições da Maratona Crédito Agrícola BTT Messines.

A M.I.B.A. realiza-se no dia 3 de Outubro de 2010, em S. Bartolomeu de Messines, concelho de Silves e engloba provas para amadores e profissionais.

No dia 3 de Outubro terá lugar a vertente competição, que se destacará por ser a última prova da Taça Nacional de XCM e ao mesmo tempo Maratona Internacional, estando aberta a todos os grandes campeões mundiais.
A vila de São Bartolomeu de Messines, no concelho de Silves, possui uma enorme riqueza natural, onde se destacam as barragens do Funcho e do Arade, os troços da Via Algarviana ou a rota dos menires de Vale Fuzeiros.

À semelhança das edições anteirores, esta sexta edição da Maratona de BTT organizada por esta associação, permite não só aliar o espírito da aventura e competição associado a este tipo de evento, como divulgar uma das mais bonitas paisagens naturais do Algarve, dentro e fora do país.

Assumindo-se pela primeira vez como uma Maratona Internacional de BTT, este quebrar fronteiras surge numa altura de consolidação deste evento de elevada qualidade e pelo reconhecimento que tem vindo a ter nacional e internacionalmente.”

Vídeo de promoção da M.I.B.A

Concerto de Ano Novo

Tem lugar dia 10 de Janeiro, pelas 16h30m na Igreja Matriz em São Bartolomeu de Messines, a actuação do Quarteto Concordis.

PARTICIPE!

Apresentação do Quarteto Concordis no youtube:

novidades do concelho na blogosfera

Os posts que se vão lendo acerca da primeira reunião da Câmara Municipal de Silves (adiante: CMS) a 28 de Outubro do presente ano, primeira após a tomada de posse dos novos membros eleitos, dos quais já aqui demos conta, suscitam-me algumas risadas.  O vereador Fernando Serpa tem presença na blogosfera, aqui.

Fico agora a saber que existe uma “pagã aliança PSD/CDU”. Valha-nos viver num estado laico, ou presumo que com o défice democrático (e também religiosos) que se vai vendo um pouco por todo o lado em Portugal, teríamos a PIDE e a inquisição a bater à porta dos dirigentes desses partidos… Mais, faz-me alguma confusão esse rótulo usado em sentido pejorativo. Tenho amigos meus que são do PS e não são baptizados, o que faz deles pagãos. Não consta até à data que sejam tratados como “camaradas de segunda”, mas também estão na sua maioria organizados em Lisboa. Pelos vistos no Reino dos Algarves a estrutura deve funcionar de forma diferente, o que até cabe no contexto das peças jornalísticas publicadas no barlavento de Hélder Nunes e de José Apolinário, e explana bem o que Paulo Dinis tem vindo a defender como membro do PS no seu blog. Claro que mudanças a haver dentro da estrutura do PS necessitam de debate dentro da mesma, e cabe aos seus militantes decidir que futuro preconizam e almejam.

Quanto ao facto de a CDU apadrinhar o PSD, não vejo onde. Talvez se a CDU tem votado em João Ferreira para a Mesa da Assembleia Municipal de Silves, o PS não tivesse este tipo de discurso. Esquecem-se que há quatro anos tiveram esses votos, e nada de útil para a população fizeram com a confiança que lhes foi depositada. Aliás, repito algo que já escrevi noutro lado, votaram e permitiram que as políticas do anterior executivo fossem levadas a cabo. Gostava de saber se o PS vai manter a mesma postura quanto à Central de Lamas neste mandato. Ou seja, viabilizando a mesma como fez em sessão de Assembleia Municipal no mandato anterior.

Ao menos podemos desde já ficar descansados, posto que a vereadora da CDU demonstra que quando não tem conhecimento profundo do que é colocado à votação, primeiro informa-se e depois toma a decisão de forma informada e consciente, assumindo os seus actos. Não é como aquelas pessoas que assinam papéis e depois dizem que não leram o que assinaram, como se passou com a Central de Lamas. Porque o que mais acontece neste país é sujeitos assinarem de cruz pareceres que afectam directamente a qualidade de vida das populações!!!!!!!!!!!!!!!!!!! (nem sei se ainda há quem acredite nestas desculpas esfarrapadas).

Outras novidades, são as actividades que vão ter lugar este mês no concelho e que deixo aqui:

7 de Novembro, Conferência “D. Pedro I e Silves”;

8 de Novembro, 9ª edição da prova “Súbida Impossível”;

11 de Novembro, Magusto no Largo do Município;

20 de Novembro, VIII Seminário de Gestão de Desporto.