sobre o comunicado do PS Silves

Lendo o comunicado que o PS Silves emitiu*, parece que não passa pela cabeça da concelhia a discussão do resultado eleitoral em Silves?! Elegeram mais um vereador, mas o resultado a nível das freguesias foi desastroso. Contudo, estão mais preocupados com a CDU e o PSD que com o seu próprio partido.

Vejamos:

Se nas freguesias foram “sacudidos” dos executivos talvez se deva à forma de trabalharem! Não?! Os outros é que são os maus, os indivíduos sem carácter. O facto de o PS ter abordado o BE para isolar a CDU na freguesia de Silves é que é de quem tem carácter e respeita a democracia! Mais, as pessoas elegem para as freguesias, de acordo com a lei, de forma directa, apenas o presidente. Cabe a este escolher o seu executivo. Logo não há falta de respeito pelos resultados das eleições. Essa é uma falsa questão que apenas ocupa lugar na mente atormentada daqueles que não aceitam a democracia, ou seja que cabe ao presidente eleito escolher com quem quer trabalhar. Os restantes membros eleitos para a assembleia de freguesia continuam a estar representados tal como designou o sufrágio e têm direito aos votos que a população lhes quis ofertar. O mesmo é válido para a eleição da Câmara Municipal de Silves e para a sua Assembleia.

Apetece perguntar depois de ler o comunicado, como designariam o que fizeram os membros eleitos do PS no anterior mandato. “Acordo desavergonhado”?! Parece que quem quer branquear a responsabilidade, do porquê o concelho estar como está, é o próprio PS. Lá vamos outra vez “bater no ceguinho” com a lembrança de que o PSD não tinha a maioria na Assembleia Municipal, órgão máximo na gestão autárquica, e que as inúmeras propostas que passaram tiveram a conivência do PS.

As dificuldades em aceitar os resultados eleitorais são sinal de pouca maturidade política. Aliás, só assim se percebe que o ex-presidente da Junta de Freguesia de Messines tenha andado a tirar fotografias ao trabalho que o actual executivo anda a fazer. Deve ser uma espécie de supervisão. O problema é que ninguém está a estagiar!!!

Criar misticismo em volta de algo que é mais que transparente, postura que sempre pautou e pauta, a actividade da CDU, é pouco sério. Dizer que esta procura ganhos políticos, dissimulando a verdadeira natureza e branqueando a gestão do PSD também é pouco sério. Se há quem tenha provas mais que dadas da transparência que pretende na gestão autárquica, e se tenha esforçado pela transmissão da informação à população foi a CDU na pessoa do Vereador Manuel Ramos, e do meio que accionou, o seu blog, para lá disponibilizar a informação que nem a Câmara tinha ao seu dispor no site, muito menos qualquer indivíduo do PS eleito no anterior mandato. Foi o PS com a sua actuação que ajudou à gestão autárquica levada a cabo no anterior mandato. Relevar ainda que a CDU sempre defendeu as suas ideias e posições, denunciando o que de errado foi acontecendo no Concelho, como o caso Viga D’ouro.

Dizer que é “contra-natura” os partidos trabalharem em conjunto devido a questões ideológicas é reflexo de um pensamento político pequenino, mal formado, estereotipado, e anti-democrático. É suposto em democracia os partidos trabalharem juntos em prol da população. Talvez por essa postura extremista (interessante de um partido que supostamente é do centrão!!!) é que os membros do PS não se encontram nos executivos das juntas de freguesia… Além de que a social democracia tem as suas raízes ideológicas na esquerda, apesar de preconizar que para alcançar a democracia as revoluções não são necessárias para passarmos do capitalismo para o socialismo. Aconselho a quem não perceba nada de formação ideológica partidária acerca da social democracia ler August Bebel, Wilhelm Liebknecht, Eduard Bernstein e Karl Kautsky. Percebo a confusão que possa existir acerca da social democracia a esta altura em que o PS a nível nacional tem governado mais à direita do que à esquerda. Se o PS é mais social-democrata que o PSD, ou vice-versa seria um debate interessante e longo, claro sem esquecer as práticas que têm sido levadas a cabo, porque pela teoria, ambos são baseados numa ideologia de esquerda. Embora os autores do socialismo sejam outros, como Henri de Saint-Simon e Charles Fourier.

“A defesa dos superiores interesses do município” pelo PS Silves está à vista de todos, trabalho de 4 anos muito proveitoso, não haja dúvida, de fraca oposição, em que em Silves na Assembleia Municipal votam a favor das lamas, e em Messines o ex-presidente de Junta, também ele do PS, fez uma carta à CMS a dizer que era contra a central de lamas. Muito coerente, nota-se o entrosamento das ideias, que estas foram discutidas, e que sabem o que fizeram ou o que estão a fazer. Isto é que é pouco transparente.

É um “atirar de areia para os olhos” que nunca mais acaba. Dividir para reinar como dizia Napoleão, mas assim não parece que cheguem lá. Tomara que ponham tanto afinco na defesa dos interesses da população do concelho como colocam na criação de suspeitas infundadas, que relembram à maior parte de nós a forma como o PS actuou no último mandato e não a postura da CDU. Afinal parece, ao contrário do que foi dito por João Ferreira na tomada de posse da Assembleia Municipal em Silves, que existem vendetas. Talvez o PS se sinta traído pelo PSD!!!!!!!!!!?

* a notícia no barlavento de hoje.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s